Acompanhe nossos conteúdos e

melhore seus resultados.

Deixe seu e-mail abaixo!

10 mitos sobre Automação de Marketing que você precisa deixar para trás

Marketing Digital

A automação de marketing consiste no uso de tecnologias e programas para tornar os processos de marketing mais ágeis e produtivos.

De forma mais prática, a automação corresponde à programação e agendamento de textos, posts e conteúdos diversos. O objetivo é que, com o uso de ferramentas específicas, esses conteúdos sejam postados e/ou disparados automaticamente no momento certo.

Sua importância está na praticidade que ela oferece para a equipe e na agilidade que as ferramentas disponibilizam para responder e/ou atender rapidamente aos anseios do público.

No post de hoje, você conhecerá alguns mitos sobre o assunto e entenderá por que eles não passam de boatos. Acompanhe:

1. Depois de aderir à automação, não será mais necessário investir em marketing

A automação de marketing serve como ferramenta de apoio para aumentar a produtividade e otimizar seu tempo, mas ela precisa de cuidados constantes.

Por mais que as ferramentas contratadas estejam programadas para enviar o conteúdo certo, no momento certo, ao usuário certo, é preciso que um profissional ou uma equipe esteja acompanhando todo esse fluxo, observando as particularidades e possíveis oportunidades de cada interação.

Se um leitor do seu blog, por exemplo, recebe um e-mail falando sobre o novo artigo que você acabou de publicar e resolve lhe enviar uma mensagem a respeito, quem vai atendê-lo? Não, não é a ferramenta de automação, mas uma equipe, com profissionais capacitados para oferecer o melhor atendimento e a melhor resposta possível.

Vale ressaltar também que os softwares para automação do marketing precisam de constante manutenção e adaptação. Afinal, o processo de trabalho também deve ser adaptado de acordo com os feedbacks do público e com as análises de resultados, não é mesmo?

2. Automatizar o marketing é profissionalizar o disparo de e-mails

Por mais que a automação de marketing venha sendo utilizada fortemente para o envio de e-mails, essa não é sua única função. As ferramentas de programação podem — e devem — ser utilizadas também em outros canais, como as redes sociais, blogs e sites.

Por isso, explorar ao máximo as funcionalidades oferecidas torna os processos de trabalho cada vez melhores.

3. Só automatiza quem tem preguiça de trabalhar

A automação é apenas uma pequena parte do vasto trabalho de comunicação e marketing. A praticidade que ela oferece — como o agendamento de posts e conteúdos, por exemplo — é, de fato, o argumento mais utilizado para que esse mito da “preguiça” seja propagado.

Basta refletir um pouco para entender que ela, a automação, traz mais qualidade ao serviço. A tecnologia ajuda a agendar uma parte do trabalho e faz com que sobre mais tempo para que você ou sua equipe se dedique ao planejamento estratégico, ao atendimento individualizado de clientes, a análise de relatórios e muito mais. É um investimento em tecnologia, tempo e produtividade.

4. Automação de marketing é sinônimo de spam

Tudo é questão de escolha. De fato, as empresas podem sim utilizar as ferramentas que automatizam o marketing como suporte para envio de spams. Mas, como sabemos, spam é o envio de conteúdo desinteressante para pessoas que não solicitaram aquele tipo de informação.

Quando o trabalho é bem planejado e executado, as ferramentas de automação funcionam como instrumentos de melhoria do processo, jamais como disparadoras de conteúdo não solicitado.

Em suma, o envio de spam diz mais sobre a equipe de marketing e a empresa do que sobre as ferramentas utilizadas. Não é correto, portanto, relacionar a automação de marketing com essa prática primitiva e muito prejudicial à imagem de qualquer organização.

5. A automação de marketing substitui mão de obra humana

A automação de marketing otimiza o trabalho humano. Para o caso de vendas mais simples, aquelas que geralmente são feitas por impulso, a automação ajuda o consumidor a concretizar sua compra sem obstáculos, o que é um ganho para ele e para a empresa.

Quando se trata de vendas mais complexas e que, necessariamente, precisarão da intervenção de um vendedor para que ela seja concluída, a automação oferece uma base para que o cliente já chegue com informações suficientes, convencido de sua escolha.

Em linhas gerais, podemos dizer que a automação de marketing complementa o trabalho dos vendedores e os ajuda a conseguir tempo de qualidade para se especializarem cada vez mais sobre os produtos e serviços que oferecem aos seus consumidores. Prestam, assim, um atendimento cada vez melhor!

6. É apenas uma febre do momento

A automação de marketing surge como uma solução que ajuda a saciar os desejos e anseios do consumidor moderno, que está sempre em busca de informação e esclarecimentos.

Lá fora, nos Estados Unidos e Europa, os números mostram que a automação de marketing deixou de ser um diferencial para ser um recurso essencial, que está em constante ascensão.

Se o mercado está sempre evoluindo e a tecnologia propicia um ambiente onde a informação é cada vez mais dinâmica, a automação de marketing também tende a evoluir. Portanto, é provável que esse recurso estará sempre presente nesse cenário.

7. A automação de marketing funciona como mágica

Mais uma vez, ressaltamos que a automação de marketing não funciona sozinha, já que é apenas uma ferramenta de trabalho para contribuir com a produtividade e otimização dos serviços de marketing.

Dito isso, fica claro que afirmar que “automação de marketing é como mágica” é um mito. Os bons resultados e os frutos de todo trabalho não são responsabilidade ou mérito da automação, mas sim de como ela foi utilizada e programada pela equipe que atua nos bastidores.

8. Minha empresa é pequena, não precisa de automação

Se sua empresa é pequena, provavelmente seu tempo, sua infraestrutura e seus recursos para investimento em marketing também são, concorda? Esses motivos já são mais que suficientes para comprovar que sua empresa precisa sim da automação de marketing para atingir bons resultados. Talvez até mais que as outras!

Quanto menor seu tempo, equipe e recursos, maior será a necessidade de utilizar ferramentas que ajudem o trabalho a fluir de maneira rápida, eficiente e coerente. Nesse sentido, a automação de marketing contribui, e muito, para organizar o seu tempo e o tempo da sua equipe.

Vai sobrar algumas horas do dia para realizar aqueles trabalhos que antes ficavam sendo adiados constantemente. Ótimo, não é?

9. Custa muito caro contratar ferramentas de automação

Para quem acredita que a automação de marketing custa caro, nosso conselho é: pesquise as ferramentas do mercado e analise as possibilidades. Muitas ferramentas oferecem planos personalizados e cobram de acordo com a demanda da empresa que a contratou.

Assim, se a demanda da sua empresa é pequena, o preço também será baixo. À medida que a demanda cresce, o preço vai aumentando.

Para escolher a melhor ferramenta de acordo com sua necessidade e recursos, peça ajuda a profissionais da área. Eles certamente poderão te auxiliar com a escolha e, até mesmo, fazer testes iniciais antes que você realize a contratação.

10. Automação de marketing é algo complexo demais

Os sistemas de automação de marketing são desenvolvidos com layout atrativo e intuitivo, para que pessoas de diferentes idades, níveis e áreas consigam utilizá-lo. Por isso, a afirmação de que os softwares de automação são complexos é um mito. Deixe o preconceito de lado e experimente!

Esperamos que você tenha gostado do artigo e aprendido um pouco mais sobre esse assunto! Quer continuar se informando? Então veja como a automação de marketing pode aumentar o ROI do seu negócio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *