Acompanhe nossos conteúdos e

melhore seus resultados.

Deixe seu e-mail abaixo!

Inbound e Outbound Marketing: quais são as diferenças?

Inbound Marketing | Marketing Digital | Redes Sociais

Quando o assunto é Marketing Digital, muitos ficam perdidos na hora de pensar em como chegar ao seu público-alvo. E se você é um empreendedor, sabe muito bem a importância de alcançar possíveis clientes!

Nesse contexto, o Inbound e Outbound Marketing são meios eficientes de levar o seu produto ou serviço aos olhos do público, abordando métodos distintos. Mas qual é o mais adequado para o seu negócio?

No post de hoje, mostraremos como funcionam o Inbound e Outbound Marketing para que você consiga verificar qual se aplica melhor em cada situação. Acompanhe!

Outbound Marketing: o marketing “tradicional”

O Outbound Marketing foi um dos primeiros modos de marketing já utilizados. Os comerciais da TV, banners nas ruas e panfletos são alguns exemplos.

Também conhecido como Marketing Tradicional, é a forma mais popular para divulgar sua marca: o Outbound leva o produto ou serviço até o público. Basicamente, é quando uma empresa investe em propagandas nos canais de mídia ou fisicamente. Flyers, rádio e telemarketing são outros exemplos.

Por ser considerado invasivo, muitos especialistas já não o consideram tão eficiente quanto antes, principalmente para o marketing digital. Em especial por causa da mudança do perfil consumidor, que prefere procurar o que precisa, e é nisso que o Inbound está focado.

Inbound Marketing: deixando o consumidor encontrar você

O Inbound Marketing, ao contrário do seu antecessor, vem de in (“dentro”) — ou seja, o interesse pelo produto vem do próprio consumidor. Pode ser um pouco mais complexo que o seu antecessor, mas vem mostrando resultados cada vez mais positivos — tanto para as empresas que investem nessa nova modalidade quanto para o público que ela alcança.

As pessoas vêm ficando impacientes com qualquer publicidade que considerem intrusivas. Quem nunca pulou uma propaganda do YouTube que jogue a primeira pedra. Com o crescimento da internet e dos meios de pesquisa, o interesse atual é poder encontrar diretamente soluções para seus problemas, em vez de algo que surja para elas “do nada”.

O Inbound, nesse contexto, chega ao público criando estratégias para que sua marca seja encontrada no meio de uma pesquisa, exatamente no momento em que o seu potencial cliente está preparado para achar a solução para uma necessidade. Isso é feito com técnicas de SEO, conteúdo relevante, blogs e redes sociais.

Para este último recurso, podemos falar do Facebook Ads: propagandas pagas que são mostradas para um público específico, baseado nas informações coletadas sobre os usuários. Não é considerado Inbound porque aparece para o usuário “por acaso”, mas é uma força a mais para o conteúdo que pode ser interessante para possíveis clientes.

Além disso, a rede social mais acessada do mundo vem transformando seu ads, a fim de se tornar publicidade nativa, isto é: anúncios passam a se confundir com o conteúdo principal, deixando de ser intrusivos. E esse é outro recurso muito valioso como tendência no Inbound Marketing.

O interesse maior do Inbound deve estar sempre em passar conteúdo válido e objetivo, que agregue valor ao cliente em potencial, seja este tangível ou intangível.

Inbound e Outbound Marketing: por qual optar

Até aqui, você viu que o Outbound Marketing investe em chamar a atenção do público, enquanto o Inbound aposta em conquistar e criar um laço com seus prospects. Mas qual utilizar em suas estratégias?

Antes de bater o martelo na escolha, é preciso conhecer o seu público e definir aonde você pretende chegar com a sua empresa.

Muitas pessoas assistem comerciais de TV e olham anúncios de jornal. Mas, para um público jovem, estudos mostram que 86% deles pulam os comerciais. Além disso, 84% das pessoas entre 25 e 34 anos que entraram em um site com propaganda intrusiva o consideraram irrelevante e saíram na hora.

Outro fator é o investimento requerido. O Inbound é 62% mais barato, rendendo, em geral, 275% de ROI (retorno sobre investimento).

Somente ao analisar o contexto, o comportamento do seu público e a forma de alcançar determinados resultados é que o empreendedor pode se decidir sobre qual formato é melhor para cada situação. Dependendo, é possível utilizar os dois recursos em seu planejamento de marketing.

Gostou de saber mais sobre Inbound e Outbound Marketing e suas diferenças? Quer dividir sua experiência, dar uma sugestão ou tirar uma dúvida? Deixe um comentário aqui no post!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *